segunda-feira, 25 de maio de 2015

Rockstar San Diego abre vagas de emprego para possível novo jogo. O QUE SERÁ?



A Rockstar San Diego, que trabalhou em grandes franquias como Red Dead Redemption e Midnight Club, abriu algumas vagas bem interessantes que falam de um novo jogo da desenvolvedora e de mundo aberto. Muitos estão especulando uma continuação de Red Dead Redemption ou um Red Dead Alguma Coisa.
Realmente não parece se tratar de um Midnight Club, por exemplo, porque uma das vagas cita o conhecimento de mecânicas de luta corporal e com armas, o que não tem nada à ver com um jogo de corrida como Midnight Club que você nem se quer pode atropelar pedestres, não é mesmo?




Apesar de haver grandes chances de ser uma continuação de Red Dead Redemption, vamos lembrar que em uma das vagas cita "grande densidade de população em mundo aberto" o que não condiz muito com o tema faroeste.
Enfim... Tem até gente achando que é pra fazer a continuação de Grand Theft Auto mas eu definitivamente não creio nisso, penso que se tirar GTA das mãos da Rockstar North, o mundo EXPLODE!
O máximo que pode acontecer, na minha opinião, é que eles façam a expansão do modo história de GTA V... Por que não, né?
Mas se for uma continuação ou um simples reboot da saga "Red Dead" penso que será ótimo. Óbvio. Estamos falando de Rockstar Games.


BULLY II ou simplesmente uma nova franquia
 
Fan art MUITO da hora de Wesley Arthur do jogo Bully
Bully foi desenvolvido pela Rockstar Vancouver que mais tarde se uniu com a Rockstar Toronto (desenvolvedora de The Warrios). Mas o que me faz acreditar que a Rockstar San Diego que não tem nada a ver com as produtoras de Bully e The Warrios faria um Bully II ou até mesmo um reboot do jogo?
Sinceramente? Não muita coisa a não ser o fato de ser um mundo aberto de grande densidade de população com armas e um simples "e por que não?".

Maaaas o que eu tenho quase certeza, é que será uma nova franquia da Rockstar Games e ponto final. Veremos né. Quem sabe a produtora mais hipster de todos os tempos num resolve ir pra E3 deste ano, não é mesmo? Seria um tanto quanto épico.


Enfim...
Este foi o post de hoje. Bem simples. Não muito interessante. Mas eu precisava escrever sobre alguma coisa e ultimamente não tem dado o que falar no mundo dos games.
Mas acredito que este pode render algumas discussões e especulações dos ~por enquanto~ pouquíssimos leitores deste humilde blog.
Ah... Por falar em leitores... Você está gostando do blog? Acha que merecia mais de 10 visualizações por dia? Divulgue! Mostre as seus amigos gamers, compartilhe o link do blog nas suas redes sociais (em público, de preferência) que isso ajuda muito o crescimento.
Curta a fan page do blog e não perca nenhum post novo ou siga o blog através do E-Mail ou feed, você quem sabe.


Um beijo no olho de todos e até a próxima! :*

segunda-feira, 11 de maio de 2015

E-Games: O novo programa para gamers da Rede TV

  E aê! Vocês viram o novo programa da Rede TV nesse sábado? Se sim, ótimo, se não, veja a baixo antes de ler minha crítica ao programa.


  Uau! Bem melhor que o da Globo! Sério! #XoraGlobo
~por falar nisso... Ainda passa aquele troço?~

  Não... Sério, antes de falar do E-Games: que programa ruim aquele da Globo né? Tinha 30 SEGUNDOS de duração e ainda passava de madrugada! Eu sentia pena do Gustavo Petró, ainda bem que ele foi pra IGN Brasil. Bem melhor lá!

~Tá, tá, vamos ao assunto principal... xD~

O Programa:

A ""musa dos games""
  Apresentado pela Cláudia Carla, (atriz e jornalista) o programa foca nos E-Sports, tanto é, que o próprio nome do programa parece uma referência ao mesmo. A apresentadora não aparenta ser uma "musa dos games" como estão dizendo por aí, mas parece que ela entende um pouco do assunto, tanto é que não é a primeira vez que ela trabalha com alguma coisa relacionada a jogos, então, por mais que eu tenha achado um pouquinho fraca de início, ela mandou bem até.
  Mas, coitada, ela tava ao vivo também né, em pé o tempo todo e tendo que cuidar o tempo e ler o roteiro ali numa tela ~que não aparece pras câmeras, claro~ e tudo mais... Ou seja, ela tem que melhorar? Sim! Mas a direção do programa então... Muito! Eles num ajudaram também né.


Apresentador do quadro de E-Sports
  Tem um quadro que é apresentado por um tal de Felipe Della Corte que aparenta entender do assunto mesmo, viu. Neste primeiro programa ele apenas explicou o que era o E-Sports e destacou o crescimento do mesmo no Brasil (muito bem, cara. É isso aí) e qual o papel dele no seu quadro: Dar um resumo semanal sobre o mundo do E-Sports. Ok, gostei. Acho que vai ser bom.


Apresentador do quadro de dicas
  Já o tal de Julien De Lucca, apresentará um quadro onde ele dá "dicas para ir bem nos games da atualidade". Esse eu já não gostei (não do cara, do quadro dele), sério, pra que um quadro de dicas? Gamer que é gamer, quando precisa ir bem num jogo ele TREINA. E quando precisa de dicas, vai na internet e pesquisa a tal da dica. Achei um quadro sem graça e TOTALMENTE desnecessário. Acho que podia ser trocado por um quadro de curiosidades ou compilados de melhores momentos dos games ou algo assim ao bom estilo Marcos Mion no Descarga MTV. Que tal?


O cara que faz a música de fundo do programa, DJ Katatau
  Tem um DJ ali que bota a música de fundo, ou finge, num sei. Teve até uma hora lá que focaram nele durante uns 10 segundos tocando "Turn Down For What?" fingindo que tá fazendo uns remix muito loucos e tal mas na verdade apenas botando um nhéc nhéc "DJ Katatau" nhéc nhéc (ou alguma porcaria assim). Até num vou dizer que é ruim esse "elemento" no programa, mas, achei desnecessário.


Jogadores profissionais a esquerda e comentaristas a direita
  Havia dois times profissionais usando o local do programa como arena e competindo ao vivo com narradores e tudo. Também é transmitido ao vivo pelo portal da Rede TV. Mas, sinceramente, acho que só fizeram isso porque num teria campeonato pra eles darem cobertura, então fizeram o próprio campeonato direto do programa. Achei um pouco ousado da parte deles, mas, pode ser divertido pro programa, eu gostei. E pelo jeito, sempre será um jogo competitivo diferente a cada semana. Isso sim achei ótimo!


Da esquerda para a direita: San In Play, Matei Formiga e Terror Bionic
  Os youtubers convidados para o primeiro programa... Hm... Tá aí uma coisa que incomodou muita gente! Num sei se foi erro no roteiro do programa ou algo assim, mas, chamaram eles ali pra nada praticamente. Apenas comentaram um pouquinho sobre uns jogos que eles aguardavam e pronto, nada demais. Sem contar o pouquíssimo tempo dado a eles. Será que foi apenas uma jogada de marketing?


  E o mais estranho de tudo isso foi que o programa é focado em E-Sports e chamaram um youtuber focado em GTA que não entende de competitivo; um youtuber de jogos variados que, até onde sei, não joga nada no competitivo (pelo menos não do profissional) e um youtuber focado em jogos de terror. Ou seja: onde está a lógica nisso???
  Querem convidar youtubers para o programa? ÓTIMO! Nós adoramos youtubers, mas chama os que entendem de E-Sports. Como o Zigueira, por exemplo. Que tal?
  Nisso, a direção da Rede TV errou feio e deviam repensar sobre.


Conclusão:
  O programa tem uma ideia boa, apresentadores bons. Mas precisam ouvir o público pra melhorar. Urgente.
  Nem quis falar sobre a abertura em 3D muito tosca e o cenário mal feito, porque né, Rede TV, então vamos dar um desconto...
  Verei o próximo programa e dessa vez vou tentar ver ao vivo, acho que vale à pena, todos deviam fazer o mesmo.
  Será que vamos ver alguma evolução?


Um beijo no olho de todos e até a próxima! :*

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Hatred: Um jogo polêmico que só a peste

  Hatred... Nem lançou ainda e já tão falando muito dele. E sabe porquê? Não? Veja o trailer abaixo:



Você já viu do que se trata né? Imagino eu que você já deve ter percebido que é um jogo bem polêmico, afinal é basicamente sobre um cara com sérios problemas mentais que tem a """brilhante""" ideia de sair por aí matando tudo que se mexe.
Olha, eu não sei vocês, mas eu tenho quase certeza de que esse jogo vai ser um grande lixo vomitado.

"Aaaaaaah, que frescura! Aposto que tá dizendo isso só porque é violento! Até parece que num jogou GTA e Postal II e se divertiu muito!"
Errou feio. Errou rude.
Você tem razão sobre GTA e Postal II. Principalmente sobre Postal II. Postal II já me divertiu muito, principalmente por causa da violência. Inclusive, acho um jogo genial.

Mas pare pra pensar um pouquinho... O que Postal II tem que o primeiro Postal não tem? ~tic tac, tic tac, tic tac... -q~
Isso mesmo. Uma história sem noção mas muito engraçada e bem escrita e um personagem principal muito carismático. Sem contar o humor negro (e bota humor negro nisso).
Ou seja, é um jogo com muito conteúdo e que é lembrado até hoje. Não SÓ por sua violência, diferente do primeiro Postal que era um lixo completo. Só vendeu porque era polêmico. Muuuuito polêmico.

E sim, o primeiro Postal foi, basicamente (talvez sem querer), um jogo de marketing. A Running with Scissors queria chamar a atenção de todos de alguma forma. E nada melhor que fazer um jogo super violento pra conseguir isso. É o que Zangado sempre diz sobre esse tipo de jogo: "Fale bem ou fale mal. Mas fale de mim".

Print screen do primeiro Postal.
O que eu estou querendo dizer com isso? Quero dizer que tenho quase certeza de que Hatred será o novo primeiro Postal.
Já perceberam que o pouco marketing deste jogo é todo em cima da violência que ele tem? Tudo bem que é um jogo independente ~me corrijam nos comentários se eu estiver errado~ mas não há muita propaganda do jogo. É mais uns trailers de gameplay muito sangrenta e pronto. O resto, a galera da internet faz sozinha. Ou seja, escrevendo posts sobre o jogo como eu estou fazendo agora. E de graça. AFF!

O gráfico que aparece nos trailers, ao meu ver, não tem nada demais. E caramba, o que que é aquele cabelo do personagem principal? Até atravessa o corpo dele de tão mal feito! Ou vai dizer que aquele gráfico tá bom só porque é feito na Unreal Engine? Não né... Por favor...

FACEPALM pra esse jogo.

Enfim... Tenho quase certeza de que vai ser um jogo totalmente sem conteúdo. Se vender bem é porque as pessoas são curiosas demais. Só isso.

Um beijo no olho de todos e até a próxima! :*